Como o pH Bucal interfere na Saúde dos Dentes

Neste artigo conseguirá perceber como o pH bucal interfere na saúde dos seus dentes conhecendo as consequências de alterações nos parâmetros químicos salivares. Descubra também como manter o potencial de hidrogénio da boca equilibrado com algumas medidas simples.

Sobre o pH bucal

A sigla pH é referente ao termo potencial de hidrogénio. Podemos medir o pH da água, de bebidas e também da saliva humana. É muito importante estar atento às alterações do pH bucal, porque podem comprometer a saúde dos dentes. Afinal, existe um nível saudável para a saliva, que será entre os valores 6,8 e 7,2.

É importante saber que esses níveis variam ao longo do dia em função da hidratação do organismo e também dos alimentos que ingerimos. Além disso, a higienização bucal também interfere nesse fator, sendo que quando os dentes estão sujos existe maior propensão para a acidez.

Consequências de alterações no pH da boca

A saliva tem funções muito importantes na nossa boca, sendo que uma delas é ajudar na limpeza natural dos dentes. Ela ajuda a controlar a proliferação de bactérias que libertam ácidos que reagem com o esmalte dentário, causando-lhe danos. Se a saliva estiver ácida, ela pode causar problemas como os que apresentamos de seguida.

Processo

Desmineralização do esmalte

Quando o pH bucal está muito baixo e a boca fica ácida, transforma-se num ambiente propício para a proliferação de algumas bactérias. Elas consomem resíduos de alimentos e libertam ácido lático. Esta substância reage com o esmalte dentário deixando-o solúvel em água. Assim, quando vamos fazer a higienização dos dentes, eles sofrem uma perda mineral em função do atrito da escova e pelo contato com o líquido na hora dos bochechos.

Erosão dentária

A erosão dentária é uma consequência da desmineralização, provocando danos visíveis à estrutura do esmalte. Formam-se, literalmente, buracos no dente por causa da perda de minerais. Esta é uma complicação mais grave porque nem sempre é possível recuperar a estrutura natural perdida, já que em alguns casos os danos causados são expressivos demais. Quando isto acontece, são realizados procedimentos como a restauração, colocação de coroas, lentes ou facetas, de acordo com a necessidade de cada paciente e a avaliação do especialista.

Formação de cáries

A saliva é responsável por fazer a limpeza dos dentes e evitar que as bactérias se proliferem. Quando ela está muito ácida e permite que esses micro-organismos cresçam na boca, os dentes ficam suscetíveis ao aparecimento de cáries. Isto porque este problema desenvolve-se pela ação de ácidos produzidos pelas bactérias, que provocam lesões no esmalte dentário. Como a acidez causa a desmineralização, há ainda uma maior propensão para esta doença bucal.

Sensibilidade dentária

Entre outras funções, o esmalte dos nossos dentes é responsável por proteger as partes nervosas deles. Mas como ele é suscetível à acidez, as alterações do pH bucal afetam-no e deixam-no mais poroso. Quando isto acontece, desenvolve-se a sensibilidade dentária, porque as substâncias conseguem penetrar o esmalte e atingir a dentina.

Desenvolvimento de aftas

Embora não se tenha certeza do que provoca as aftas, é fato que um ambiente mais ácido é propício para o surgimento delas. Por isso, a alteração do pH bucal também aumenta os riscos de essas ulcerações se manifestarem. Elas são bastante comuns em pessoas que consomem em excesso frutas cítricas, bebem muitos refrigerantes e outras bebidas ácidas também desencadeiam a formação de aftas, pois alteram o pH da saliva.

Medidas simples para reequilibrar o pH bucal

Processo

Veja a seguir o que pode fazer para cuidar melhor dos seus dentes e da sua boca.

  • Manter o organismo hidratado
  • Realizar a higiene bucal de forma adequada
  • Evitar o consumo excessivo de alimentos e bebidas ácidos

Embora o pH bucal sofra alterações ao longo do dia é importante mantê-lo dentro dos níveis ideais. Para isso, siga as recomendações que reunimos neste artigo e não se esqueça de consultar o seu médico dentista periodicamente. Desta forma ele poderá avaliar os seus dentes e a sua boca, indicando os melhores procedimentos para mantê-los saudáveis.